Domingão sem Faustão: Tiago Leifert comanda programa e internet reage

Fausto Silva está internado para tratar uma infecção urinária

Considerado uma “2ª temporada” de 2020, o ano de 2021 trouxe vários acontecimentos estranhos. Um deles foi o Domingão sem Faustão. O apresentador Fausto Silva não esteve no programa dominical pela primeira vez em 32 anos, porque foi internado por conta de uma infecção urinária na última semana. Quem ficou responsável pelo comando da atração, neste domingo (13/6), foi Tiago Leifert. E a internet adorou.

“Ele me deu essa missão de representá-lo hoje, mas eu não estou super feliz. Estou honrado, mas preferia mil vezes estar de pijama assistindo o programa em casa porque o Faustão faz parte da nossa família. Faustão, beijo para você. Toma esse antibiótico. Volta logo”, disse Leifert no começo do programa.

Mais sobre o assunto

O apresentador do Big Brother Brasil conquistou elogios nas redes sociais e chegou a ser um dos assuntos mais comentados no Twitter. “Não é fácil substituir o Faustão, mas o Tiago está tirando onda”, escreveu um usuário. Outro pontuou: “Primeira vez do Domingão do Faustão sem Faustão tinha que ser em 2021 mesmo. Que ano de doido”.

Enquanto Leifert se esforçou para trazer os bordões tradicionais de Fausto Silva, a equipe de figurinistas garantiu uma aparência semelhante. “O Tiago Leifert entrou vestido de Faustão”, observou um internauta.

Teve ainda quem lembrou que a substituta oficial de apresentadores da casa é Ana Furtado. “A Ana Furtado vendo o Boninho colocar o Tiago Leifert pra substituir o Faustão e não ela”, tuitou uma usuária com um vídeo de Gil do Vigor em que ele fala “Mentira que ele fez isso comigo”.

Substituto

Como antecipado pela coluna O melhor da TV, Luciano Huck vai ocupar o espaço do Domingão nas noites de domingo. A Globo ainda não divulgou qual será a atração e nem uma data de estreia, mas não deve ser uma troca imediata.

A coluna destaca ainda que Tiago Leifert deve ganhar um programa nas tarde de sábado, no espaço ocupado hoje pelo Caldeirão do Huck.

 

Fonte: Beatriz Queiroz/Metrópoles

Comentários