"Dr. Natan " Recupera Fratura em Idosa de 94 ANOS

Nunca havíamos aplicado a metologia PDC para fraturas em pessoas acima de 80 anos, não há contraindicação contudo o colo é uma região que mesmo após a cirurgia torna-se difícil controlar a dor e fixação das partes ósseas

OOSTEOPATA UTILIZA TÉCNICA PDC DESDE 2014 PARA TRATAR RUPTURAS EM OSSOS -TENDÕES -LIGAMENTOS DE FORMA NÃO CIRÚRGICA

 

No dia 3 de Outubro, Wanda Batista, 94 anos, estava ansiosa para realizar uma organização de seus móveis vindos da mudança para nova residência proxíma a 'Silva Gás' em Santo Antônio da Platina, porém num movimento súbito a senhora desequilibrada e cai sobre a perna direita, agonizando em dor é socorrida pelos familiares e levada pelo SAMU a Santa Casa da cidade onde por Raio 'X' constatou-se a fratura do osso FÊMUR de sua coxa, na região chamada: 'Colo do Fêmeaur'. Para muitas famílias viver a agonia de seu pai, mãe ou avós passando por um trauma ósseo é uma garantia de longos momentos angustiantes, principalmente se este for situado no colo do fêmur, uma área próxima ao encaixe deste osso no quadril (Osso Ilíaco). Dessa maneira, para dada a opção de cirurgia aos familiares que, pela idade avançada e condições sensíveis à saúde do paciente, optaram pela busca de um tratamento menos invasivo. Foi exatamente esta a situação recebida pelo Dr. Natanael Cícero da Silva OSTEOPATA ou Dr. Natan como é conhecido, profissional que desde 2014 atua na Recuperação Não Cirúrgica das Fraturas (Ossos Longos), Rupturas de Ligamentos e Tendões, com a metodologia PDC - Pilares de Cícero, projeto criado por ele que se baseia na união de 3 Pilares: Traumato Ortopedia, Acupuntura e Osteopatia em diversas aplicações clínicas de saúde, como o Trauma.

 

 

 

O Fato do profissional já ter consolidado traumas ósseos e ligamentares à parentes da idosa, aproximaram também Wanda do Tratamento Não Cirúrgico PDC. Segundo Dr. Natanael a fratura do Colo do Fêmur é a maior causa ortopédica para morbidade e mortalidade na terceira idade, onde geralmente pode acontecer em torno dos 65 anos tendo uma tendência maior de acometimento nas mulheres. De acordo com o Osteopata, por o método requerer profundo conhecimento da Biomecânica e Fisiologia dos Tecidos Humanos, fora aplicado durante todos esses anos, em dezenas de casos similares com sucesso porém, Wanda Batista se tornou, sim, exclusivo – “Nunca havíamos aplicado a metologia PDC para fraturas em pessoas acima de 80 anos, não há contraindicação contudo o colo é uma região que mesmo após a cirurgia torna-se difícil controlar a dor e fixação das partes ósseas, além do que, quanto maior a idade mais lento o processo de cicatrização do osso, condição que nos deixa após tantos anos de aplicação técnica, muito satisfeitos pela a assimilação dos estímulos do tratamento desta paciente ”. Disse o Doutor. Quando o Projeto Metodológico foi mostrado à Universidade Estadual do Norte do Paraná bem como ao Presidente do Conselho Federal e Presidente do Conselho Regional da classe no dia 17 de Julho de 2014 em Curitiba, chamou atenção o prazo para recuperação durante o processo de aplicação do PDC por ter em media o mesmo tempo apresentado no tratamento cirúrgico que é de 3 a 4 meses mas, o Dr. Natanael expõe ainda que tanto nas lesões ósseas quanto nas lesões tendíneas e ligamentares há necessidade de avaliação prévia para identificar a possibilidade da execução da técnica.

 

“Dona Wanda encontra-se bem e já na fase final do tratamento, É importante saliente os cuidados e ações do Programa Saúde da Família - Vila Claro: Enfermagem, Médicos, Assistência Social e as Cuidadoras de Saúde envolvidas constantemente no processo de cura e manutenção da vida desta senhora com todo apoio Familiar. Santo Antônio da Platina é uma cidade onde as pessoas e profissionais da saúde se doam em prol da causa humana fatos no dia a dia notados nas mãos de Dra. Glair, Dr. Claúdio Biaggi, Dr. Ricardo Herkenhoff Moreira, Dra. Veruschka Boss Vieira, Dra. Zélia SL Ferreira, Dr. Diego Burani, Dr. Carlos Ribeirete, Dr. João de Matos, Dr. Anderson Hinterlang, Dr. Sergio Leopolski,  Dr. Marcelo Dias de OliveiraDrª.Carla Abreu , Dr. José Mario Lemes,  Dr. Marcelo S MachadoDra. Giselle Lourenço , Dr. Jorge Garrido, Dr. Rodrigo Bertolini,  Dr. William Wuicik  , Dr. David Seraphim,  Dra. Beatriz Quiles , Dr. Carlos Eduardo Paulino, Dr. Saulo José de Araujo Dr. William Cândido S. Junior, Dra. Érica L. Brito e claro, Dr. Luciano Dias de Oliveira Reis, meu Professor, que doou fundos da sua obra Histórica: “Medicina Platinense no Século XX” à nosso Hospital Nossa Senhora da Saúde. Unidos pela Vida Sempre seremos Fortes! “- Completa Dra. Natan. À Dr. Hélio Renato Lechineski (In Memorian).

Apresentação do projeto PDC - Pilares de Cícero - Universidade Estadual do Norte do Paraná Em 14 de julho de 2014 

 

 

Da esqerda para direita: Dra. Érika Mathias, Dr. Abdo Zeghbi e Dr. Natanael Cícero da Silva.

Durante apresentação do projeto metodológico PDC no Conselho Regional da Classe em Curitiba. Participaram ainda o Presidente do Conselho Federal: Roberto Mattar Cepeda e o Comitê de Politicas Públicas de Curitiba:

Dra. Cleverson Fragoso, Dra. Maria luiza Vautier Teixeira, Dra. Sonia Krachenski, Dr. Cesar Titon, Dra. Lisandra Correa, Dr. Juan Ricardo Sierra, Dr. Eduardo Dutra, Dr. Sanderson Lorenzet. Em 17 de julho de 2014.

 

Comentários

Mais Notícias | Saúde